A bicicleta e seus múltiplos usos foi o tema central da conversa entre o deputado estadual Goura (PDT) e o prefeito Ulisses Maia (PDT), nesta quinta-feira (25), quando se reuniram com diversos integrantes do governo municipal na Prefeitura de Maringá. “A mobilidade ativa, especialmente a ciclomobilidade, são pautas fundamentais do mandato e a bicicleta me levou do ativismo à política. Sem ela, não seria deputado estadual”, contou Goura ao prefeito.

Maia disse ser uma honra receber o deputado em seu gabinete. “Acompanhamos o seu trabalho e sabemos que sua linha de atuação parlamentar é muito responsável e ativa”, comentou Maia, no início da conversa. “Nossa gestão se importa muito com a mobilidade urbana e trabalhamos para melhorar a infraestrutura cicloviária da cidade”

Este slideshow necessita de JavaScript.

Goura repetiu o que já tinha dito em outros encontros em Maringá. “A cidade é um exemplo para o Paraná no que diz respeito à ciclomobilidade e na forma como o poder público desenvolve as políticas publicas para a bicicleta”, elogiou o deputado. “Esta atenção pode ser vista, por exemplo, na organização da Prefeitura, que inovou ao criar a Secretaria de Mobilidade Urbana”, disse Goura.

O prefeito reafirmou seu compromisso com a promoção da bicicleta em Maringá. “Ainda é preciso fazer muita coisa. Estamos no caminho certo. Mas é preciso que as pessoas percebam que são necessárias muitas obras para que tenhamos mais usuários da bicicleta. Porque 80% das pessoas ainda só usam a bicicleta para lazer”.

Cicloturismo

“O Paraná pode ser um grande polo de cicloturismo e acreditamos que Maringá e região podem colaborar para que isso se realize. Os investimentos são de baixo custo e têm alto retorno”, informou Goura. O deputado disso ao prefeito que apresentou projeto para a criação de uma ‘lei do cicloturismo” no Paraná. “Também já protocolamos projetos que criam rotas cicloturísticas em várias regiões do estado”.

Ulisses Maia disse que a iniciativa do deputado deve ser apoiada e revelou que na região de Maringá existem diversos circuitos. “Com a lei temos certeza que eles serão incentivados e poderão se consolidar como circuitos de cicloturismo”, disse. O prefeito afirmou ainda que a integração modal vai acontecer, que as ciclovias serão conectadas e que serão criadas novas.

“Uma proposta é interligar por ciclovia Maringá e o município vizinho de Sarandi para beneficiar os trabalhadores que vem daquela cidade. Outro projeto viável é o da Saída Guaraçu, estrada que liga Maringá a Astorga, na região do Rio Pirapó”, disse Ulisses Maia.

Violência obstétrica

O deputado Goura também lembrou sua participação na reunião do Comitê de Estímulo ao Parto Normal de Maringá, onde apresentou algumas ideias do mandato e divulgou a cartilha feita para alertar sobre a violência obstétrica e promover o parto humanizado. “Foi muito importante ter participado da reunião. Mais uma vez vale elogiar a prefeitura por esta iniciativa louvável”, afirmou Goura.

Audiência Pública de Cultura

Outro anúncio feito por Goura foi a decisão da Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa de realizar uma audiência pública em Maringá. “Foi uma decisão da audiência que realizamos no dia 24 de abril, em Curitiba, e que surgiu a partir do alerta do secretário de cultura de Maringá, Miguel Silva, para a necessidade de descentralizar as ações na área cultural. Uma forma de fazer uma interiorização para que tudo não se restrinja só a Curitiba”, disse Goura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here