A Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) vai adotar boas práticas ambientais contidas na proposta Alep Sustentável – Plano de Gestão Socioambiental elaborada pela Comissão de Ecologia, Meio Ambiente e Proteção aos Animais a partir de iniciativa do deputado estadual Goura (PDT) e aprovada pelos membros da comissão com a colaboração das diretorias e funcionários da Casa.

O documento foi entregue, nesta terça-feira (30), ao presidente da Alep Ademar Traiano (PSDB), ao 1º Secretário Luiz Claudio Romanelli (PSB) e ao senador Flávio Arns (REDE), que estava presente para participar da sessão especial com representantes das APAEs (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais).

ALEP SUSTENTÁVEL

“A Assembleia Legislativa tem sido inovadora em várias áreas e vai ampliar sua atuação ao incorporar as boas práticas sugeridas pelo plano entregue pelo deputado Goura”, disse o presidente Traiano. O deputado Goura disse que a iniciativa pretende ajudar a Alep e não só ser um prédio público sustentável. “Queremos que nós deputados, os funcionários e o público também tenham atitudes sustentáveis. Que a assembleia seja uma referência em responsabilidade socioambiental”, explicou.

O presidente Traiano disse que irá encaminhar o documento Alep Sustentável para a Mesa Diretora. “Vamos propor a elaboração de um projeto de resolução da Mesa Diretora que depois será colocado para votação e aprovação dos deputados”, informou. Para o deputado Romanelli, a iniciativa vai ao encontro de outras que já estavam na pauta da 1ª Secretaria. “Nosso objetivo é tornar a Assembleia Legislativa o mais sustentável possível e por isso este plano é importante”, disse.

O senador Flávio Arns disse que achou a iniciativa extremamente interessante e importante justamente por causa do momento que vivemos com as preocupações ambientais. “Estamos vivendo os impactos das mudanças climáticas resultados de práticas que não levaram em conta questões ambientais. Vou propor que o Senado também adote as sugestões do Alep Sustentável”, afirmou Arns.

Goura explicou que proposta Alep Sustentável – Plano de Gestão Socioambiental é resultado da colaboração dos deputados membros da Comissão de Meio Ambiente e das diretorias e funcionários da Casa. “Esta é uma iniciativa colaborativa para que princípios básicos de sustentabilidade sejam rotina no dia a dia da assembleia e que todos aqueles que circulam nos prédios também tenham responsabilidade ambiental”.

EXPERIÊNCIAS

Goura explicou que para a elaboração foram utilizadas as legislações pertinentes e a experiência de vários órgãos públicos que compõem a Rede Paranaense para a Sustentabilidade na Gestão Pública – Sustenta Paraná. O objetivo é fomentar a responsabilidade socioambiental e a sustentabilidade na administração pública, por isso, o plano de gestão propõe reduzir o consumo de recursos, otimizar os procedimentos e estimular novos hábitos na Alep.

“Eliminar o uso de plásticos descartáveis, como copos; estimular o uso das escadas e da bicicleta para vir e ir de casa ao trabalho; substituir lâmpadas por outras mais eficientes; coletar a água da chuva e outras medidas simples fazem muita diferença ao longo do tempo na economia de recursos, do dinheiro do contribuinte e do meio ambiente”, comentou Goura.

SUGESTÕES

O Alep Sustentável – Plano de Gestão Socioambiental contém propostas para a realização de licitações sustentáveis; de ações de sensibilização e capacitação dos servidores e colaboradores; que melhoram a qualidade de vida no trabalho; que estimulam o uso racional dos recursos naturais e dos bens públicos; para a gestão adequada dos Resíduos e outras que podem ser conferidas no documento na íntegra abaixo:

ALEP SUSTENTÁVEL – PLANO DE GESTÃO SOCIOAMBIENTAL

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here