O diretor-presidente da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), Omar Akel, disse que o Plano de Integração Cicloviária da Região Metropolitana de Curitiba, o Plano RMC-Bici, apresentado a ele pelo vereador Goura, nesta segunda-feira (6), tem tudo para integrar as ações imediatas do novo Plano de Desenvolvimento Integrado (PDI), que está em elaboração na Comec.

“Vejo muita viabilidade nestas propostas. Quero agradecer porque este é um momento importante em que pensamos as diretrizes do PDI da Região Metropolitana de Curitiba. O plano é prático e a proposta é muito boa”, disse Akel. Para ele, o Plano RMC-Bici tem muitas virtudes. “Vamos usá-lo com certeza”, garantiu Akel.

O vereador Goura ficou otimista com a receptividade ao projeto. “Já apresentamos para alguns deputados estaduais, ao líder do governo na Assembleia e agora ao presidente da Comec. Estamos muito entusiasmados que o Plano RMC-Bici esteja tendo essa boa acolhida por parte de quem pensa a região metropolitana”, destacou Goura.

PLANO RMC-BICI
O Plano RMC-Bici, que tem como objetivo de promover uma política conjunta de desenvolvimento da ciclomobilidade e cicloturismo para Curitiba e os municípios vizinhos. Em um primeiro estágio o Plano RMC-Bici propõe a integração com 13 municípios dos que fazem parte da RIT (Rede Integrada de Transporte), que tem 19 municípios ao todo.

São três frentes abordadas pelo Plano RMC-Bici: construção de bicicletários nos terminais de integração do transporte coletivo da RM; a construção de ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas, além da elaboração de circuitos de cicloturismo: um na região metropolitana, o Circuito do Alto Iguaçu, e, outro, com os municípios do Litoral.

Akel também reforçou a disposição de que o governador Beto Richa (PSDB) também conheça o Plano RMC-Bici, além do secretário de Desenvolvimento Urbano, Ratinho Júnior (PSC). “O deputado Romanelli (deputado Luiz Claudio Romanelli líder do governo na Assembleia) já tinha elogiado a iniciativa e disse que temos que apresentar ao governador. E é o que faremos”, comentou o diretor-presidente da Comec.

FÓRUM METROPOLITANO DE VEREADORES
“Estamos discutindo estas questões da região metropolitana porque não dá para falar em Curitiba sem falar nos municípios vizinhos. Toda e qualquer ação de integração tem que ter essa visão mais ampla”, disse Goura. Ele explicou que também propõe que haja um fórum de vereadores da região metropolitana. “Para que tenhamos um espaço de debate entre os legisladores municipais e para discutir as questões comuns aos municípios”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here