Associação Paranaense de Apoio à Criança com Neoplasia (APACN) precisa de apoio

“Humanizar o tratamento do câncer para crianças e adolescentes.” Essa é a missão da Associação Paranaense de Apoio à Criança com Neoplasia (APACN), uma instituição com sede em Curitiba e que atende atualmente 50 crianças e adolescentes entre 10 e 17 anos e seus familiares. 

 

O deputado estadual Goura (PDT), a convite do Dr. Marcelo Leitão, visitou, no dia 7 de dezembro, a Casa de Apoio e a Sede Administrativa da instituição para conhecer um pouco mais do trabalho desenvolvido pela APACN.

 

Fundada em 1983, a partir da união de médicos e de pais de crianças com algum tipo de câncer, a APACN é a primeira instituição brasileira a amparar crianças e adolescentes com a doença. A associação possui três unidades em Curitiba e acolhe famílias que não têm condições financeiras de custear moradia, hospedagem ou locomoção.

 

“A APACN realiza um trabalho muito importante, que faz a diferença na vida de muitas famílias que já estão sensibilizadas pela doença. Aqui elas recebem todo o acolhimento para que possam acompanhar o tratamento das crianças e adolescentes do início ao fim”, afirmou Goura.

 

 

Projetos

O cardiologista e médico do esporte, Marcelo Leitão, desenvolve um trabalho de exercícios físicos para atenuação dos efeitos negativos da medicação junto à APACN. 

 

A associação também promove o transporte diário das crianças aos hospitais, oferece alimentação, hospedagem comum e especializada para crianças transplantadas, acompanhamento educacional, atividades musicais e de lazer. Tudo isso acompanhado das famílias que vêm de toda parte do Brasil. 

 

Durante a visita, o deputado Goura além de conhecer as instalações e o trabalho desenvolvido, pode conversar com algumas mães de pacientes e com a diretoria da APACN. 

 

A associação é a única a oferecer educação pedagógica. Para isso, conta com um coordenador e três professores cedidos pela Secretaria Estadual de Educação (SEED). A equipe é responsável pela escolarização das crianças e adolescentes impossibilitados de frequentar as salas de aulas convencionais. 

 

Além da escolarização, a APACN conta com projetos de musicalização, aula de instrumentos, educação física, social e de economia solidária. Esses projetos são mantidos com doações, emendas parlamentares e voluntariado.  Atualmente dos 250 voluntários inscritos, 150 são ativos. 

 

A APACN luta para que os municípios aumentem o valor destinado ao custeio da alimentação durante a viagem dos pacientes e familiares. Atualmente, os valores estão entre 20 e 50 reais por dia. 

 

Outra demanda da associação é a captação de recursos para a reforma dos quartos e para o projeto de cardioncologia com academia. Para isso, além dos parceiros, a APACN realiza um bazar permanente às terças e quintas-feiras, das 13h às 17h, busca emendas parlamentares, doações da comunidade e realiza campanhas de Natal e de material escolar.  

 

 

Estrutura

São três as unidades que compõem a estrutura da APACN:

Ambulatório Menino Jesus de Praga – Oferece, às crianças e aos adolescentes residentes na Casa de Apoio e aos pacientes de Curitiba e Região Metropolitana, pré-consultas, consultas, sessões de quimioterapia e medicações. Disponibiliza, ainda, atendimento psicológico, pedagógico e serviço social, fora do ambiente hospitalar, visando a humanização do tratamento aos casos que não necessitam de internamentos. Isso é possível devido ao convênio firmado entre a APACN e o Hospital de Clínicas (HC) da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

 

Casa de apoio e Sede Administrativa – Acolhe os pacientes que estão em tratamento e seus familiares sem custo nenhum e por tempo indeterminado. Ali recebem alimentação, produtos de higiene pessoal, vestuário, transporte e tudo que for necessário para otimizar o processo de tratamento.

 

CEGEMPAC – (Centro de Genética Molecular e Pesquisa de Câncer em Crianças) – Sua criação em 2002 tornou a APACN um centro de excelência a serviço da sociedade. Ele tem por objetivos desenvolver pesquisas sobre as patologias do câncer e encontrar recursos terapêuticos mais eficientes. Recebe apoio científico do St Jude Children’s Research Hospital (4º maior centro hemato-oncológico infantil do mundo) e beneficia os profissionais da área de saúde que desenvolvem projetos de mestrado e doutorado.

 

 

Mais informações 

Para saber mais sobre a APACN e saber como doar ou se voluntariar, acesse o site da instituição e as redes sociais ou entre em contato pelo telefone: (41) 3024 7475.

 

Site: http://apacn.com.br/ 

Facebook : https://www.facebook.com/APACNParana

Instagram: https://www.instagram.com/apacn.pr/

 

Para visitar o bazar, o acesso se dá pela Rua Araguaia, quase esquina com a Rua Oscar Schrappe Sênior, bairro Capão da Imbuia. 

 

Pontos de referências: ao lado do Agricer Supermercados ou quase em frente ao ponto final do ônibus da linha Araguaia que sai do Terminal Capão da Imbuia.