Publicado há 1 mês

Depois de 40 anos desde o primeiro diagnóstico da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS), o mundo tem em seu horizonte a possibilidade de controlar ou mesmo erradicar a epidemia do vírus do HIV. Esta é uma das metas das Nações Unidas (ONU) até o ano de 2030.

 

“Esta possibilidade é uma notícia excepcional. E muito nos alegra saber que temos entidades atuando aqui em Curitiba pela erradicação da Aids. Isto mostra a força das nossas ONGs que trabalham pela saúde da população”, destacou o deputado estadual Goura (PDT).

 

Ele foi convidado a conhecer, nesta quarta-feira (4), o projeto “Viva Melhor Sabendo”, realizado pelas instituições Grupo Dignidade, Centro Paranaense da Cidadania (Cepac), Instituto Brasileiro de Diversidade Sexual (IBDSEX) e Aliança Nacional LGBTI+.

 

O projeto foi lançado em maio deste ano e tem como objetivo realizar testagem para HIV via fluido oral, além de atividades de base comunitária. As ações ocorrem gratuitamente na Praça Osório, Centro de Curitiba, das 13 às 18 horas, de segunda a sexta-feira.

 

Meta 90 90 90

 

O Viva Melhor Sabendo faz parte das estratégias da Meta 90 90 90 da Unaids (Joint United Nations Program on HIV/AIDS) para alcançar o controle da Aids até 2030, quando a infecção pelo HIV deixaria de ser um problema de saúde pública e a sua ocorrência se daria em níveis mínimos, até seu desaparecimento, estabelecendo então parâmetros para sua erradicação.

 

“O Viva Melhor Sabendo selecionou educadores/as sociais bolsistas por meio de edital para testar jovens de 15 a 24 anos em situação de vulnerabilidade; pessoas trans e travestis; gays e outros homens que fazem sexo com homens (HSH); e profissionais do sexo masculinos, cis e trans”, explicou Toni Reis, do Grupo Dignidade.

 

Proposta de audiência pública

 

Para o deputado Goura, essa é uma ação importantíssima de cidadania e saúde pública, e merece uma atenção especial da Assembleia Legislativa do Paraná. “No final de setembro, faremos uma audiência pública para dar mais visibilidade ao tema da saúde integral para a população LGBTQIA+”, explicou Goura.

 

Comissão especial

 

Durante o encontro com as entidades que participam do projeto Viva Melhor Sabendo também foi apresentada a proposta de criação de uma Comissão Especial para Análise da Violência Contra a População LGBTQIA+ na Assembleia Legislativa do Paraná.

 

“Esta comissão teria o desafio de debater um problema inadiável: a violência contra a população LGBTQIA+, que assola o Paraná e o Brasil. Para isso, vamos encaminhar a proposta à Mesa diretora da Alep”, informou Goura.

 

A importância da Unaids

 

A Unaids é o programa das Nações Unidas criado em 1996 com a função de criar soluções e ajudar nações no combate à AIDS. Seu objetivo é prevenir o avanço do HIV, prestar tratamento e assistência aos afetados pela doença e reduzir o impacto socioeconômico da epidemia.

 

Epidemia de HIV

 

No mundo, cerca de 77,5 milhões de pessoas foram infectadas pelo HIV desde o início da epidemia, nos anos 1980. Nesse período, 34,7 milhões de pessoas morreram em decorrência de doenças relacionadas à Aids.

 

https://www.facebook.com/mandatogoura/videos/349036703349836/