Mandato Goura

Urgência para implementar Educação Escolar Quilombola é tema de reunião com a Secretaria da Educação

Para debater a urgência na implementação da Educação Escolar Quilombola nas comunidades do Vale do Ribeira, o Mandato Goura e o representante da Federação Estadual das Comunidades Quilombolas do Paraná (Fecoqui), Gedielson Ramos, se reuniram com representantes da Secretaria de Estado da Educação do Paraná (Seed), na última quinta-feira (6), na sede da secretaria, em Curitiba.

 

Pela Seed, participaram o diretor de educação, Roni Vieira; o coordenador de Diversidade e Direitos Humanos, Lourival de Araujo Filho; e a técnica pedagógica, Clemilda Santiago Neto, ambos do Departamento de Educação Inclusiva (Dein) da Seed.

 

Pelo Mandato Goura, estavam presentes os assessores parlamentares Débora Albuquerque e Leonardo Rocha.

 

“Essa reunião apresentou algumas perspectivas de melhoria, mas que ainda precisam ser mais bem formuladas e depois debatidas com as comunidades quilombolas”, disse Gedielson Ramos, que mora na comunidade quilombola Córrego das Moças e trabalho no Colégio Estadual Quilombola Diogo Ramos, no município de Adrianópolis.

 

Ancestralidade e lutas

 

Segundo ele, foram garantidas as 1.800 horas dos dois itinerários formativos do Novo Ensino Médio na Formação Geral Básica: Matemática e Ciências da Natureza; e Linguagens e Ciências Humanas.

 

Outro problema levantado por ele foi a falta de formação dos professores das escolas que recebem alunos quilombolas na Educação Escolar Quilombola. “Não se vemos nas escolas professores que têm essa formação. Precisamos que os professores conheçam os conteúdos relacionados à ancestralidade negra e às lutas por direitos do povo negro”, completou.

 

Educação integral e internato

 

O diretor de educação, Roni Vieira, garantiu que a Secretaria de Educação está empenhada em resolver esses problemas e que estuda mudanças para melhorar a oferta de Educação Escolar Quilombola nas escolas estaduais do Paraná.

 

“Uma alternativa é que tenhamos na região dos quilombolas um colégio que funcione nos moldes dos atuais colégios agrícolas, que funcionam em período integral e em regime de internato, com formação técnica voltada para a vocação regional”, informou Vieira.

 

Conheça a cartilha Paraná Quilombola produzida pelo Mandato Goura clicando na foto:

 

 

 

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Get Curated Post Updates!

Sign up for my newsletter to see new photos, tips, and blog posts.

Subscribe to My Newsletter

Subscribe to my weekly newsletter. I don’t send any spam email ever!

Pular para o conteúdo