Mandato Goura lança mapa turístico ilustrado do litoral norte do Paraná

Para revelar as surpresas do litoral norte do Paraná, com seus vilarejos, ilhas, comunidades tradicionais e belezas naturais, o mandato do deputado estadual Goura (PDT) produziu um mapa turístico ilustrado, que mostra todos estes atrativos, e um guia de serviços contendo contatos de táxi náutico, de comunidades tradicionais e grupos de fandango, de espaços culturais e de hospedagem e alimentação.

 

O deputado Goura explicou que a iniciativa de fazer mapa tem como um dos objetivos divulgar o Projeto de Lei 138/2021, que estabelece diretrizes sobre o Turismo de Base Comunitária (TBC) no estado do Paraná. “Com este projeto de lei queremos incentivar uma política pública de turismo que envolva ativamente as comunidades”, disse. “O mapa turístico vai ao encontro dos objetivos do PL.”

 

Confira o mapa clicando na imagem abaixo:

 

 

A iniciativa de produzir o mapa turístico do litoral norte do Paraná contou com o apoio da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) e da Prefeitura de Guaraqueçaba. A ilustração do mapa é de Felipe Mayerle. O guia de serviços pode ser acessado pelo QR Code disposto no lado esquerdo do mapa.

 

Grande Reserva Mata Atlântica

 

“O nosso litoral norte está no coração da Grande Reserva Mata Atlântica, que é uma região rica em biodiversidade, história, cultura e belezas naturais. Por isso, esse mapa e o guia de serviços serão muito úteis para fomentar o Turismo de Base Comunitária (TBC) nessa região tão incrível e pouco conhecida dos turistas e viajantes”, disse Goura.

 

“Estamos falando de locais onde há comunidades históricas e que, na maior parte das vezes, não são ouvidas nesse processo, não são respeitadas”, afirmou o deputado.

 

Coautores do PL 138/2021

 

O PL 138/2021 recebeu apoio das deputadas Mabel Canto (PSDB), Cristina Silvestri (PSDB) e Luciana Rafagnin (PT), dos deputados Arilson Chiorato (PT), Delegado Jacovós (PL), Professor Lemos (PT) e Tercílio Turini (PSD), além dos ex-deputados Soldado Fruet, Nelson Luersen e Delegado Fernando Martins, como coautores.

 

Goura destacou que o mapa e o guia pretendem fortalecer um turismo que vai muito além dos pontos turísticos famosos e que o Turismo de Base Comunitária pode ser um grande aliado porque é uma atividade que pode contribuir para o desenvolvimento local e para a geração de renda.

 

“O Turismo de Base Comunitária (TBC) contribui para atividade socioeconômica, a política e a emancipação de povos e comunidades tradicionais por meio da valorização cultural, conservação ambiental, geração de emprego, renda e inclusão social. O mapa e o guia que produzimos, com a ajuda dos apoiadores, vai contribuir para isso”, disse Goura.

 

Confira clicando na imagem abaixo o guia de serviços Descubra Guaraqueçaba:

 

 

Turismo sustentável

 

Goura disse que é preciso valorizar e fortalecer um modelo de desenvolvimento realmente sustentável e estabelecer políticas públicas de respeito ao ser humano, à terra, à água e à vida. “Nesse modelo de turismo comunitário, os trabalhadores são atores sociais locais que assumem papel ativo na organização da oferta de produtos e serviços em destinos turísticos.”

 

Para Andréia Moreira Dias, proprietária da Pousada Paraíso, em Superagui, o mapa e o guia vão ser muito importantes para ajudar na divulgação das atrações naturais e o que a comunidade oferece de serviços aos turistas.

 

“O mapa ficou muito legal. Vai ser bom para os turistas e para nós moradores também, que vamos poder conhecer outras atrações do nosso litoral”, disse Andréia. “O guia também porque tem os telefones e contatos das pousadas, táxis náuticos e restaurantes. Esse material precisa ser divulgado”, disse ela.

 

Para o responsável pelo Projeto Siri Guaçu, de turismo de base comunitária, Nide Peniche, a iniciativa de criar e divulgar o mapa e o guia de serviços vai promover as atrações na região do litoral norte do Paraná.

 

“É importante para nós e o mapa ficou bem detalhado com o que temos no município, como as comunidades tradicionais quilombolas e indígenas, que também podem se beneficiar com o turismo.  O guia com o QR Code vai facilitar ainda mais as pessoas contratarem os serviços oferecidos”, destacou Nide.