Publicado há 1 mês

Em reunião da Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa, proposta pelo deputado Goura (PDT), nesta quarta-feira (27), a superintendente-geral da Cultura, Luciana Pereira, confirmou que o Governo do Paraná vai apoiar a campanha de promoção internacional do filme “Deserto Particular” do diretor Aly Muritiba, que foi pré-indicado pelo Brasil para disputar uma vaga na categoria de melhor Filme Internacional no Oscar 2022.

 

“Esta decisão da Superintendência de Cultura de apoiar o filme Deserto Particular do Aly Muritiba, que é uma produção paranaense, é muito significativa e mostra que o apoio à cultura deve ser uma política de governo e de Estado”, disse Goura, ao elogiar a superintendente-geral Luciana Pereira pela decisão. “O filme também tem todo o apoio da Assembleia Legislativa, da Comissão de Cultura e dos deputados estaduais.”

 

 

Logo no início da reunião, que aconteceu de forma remota e contou com a presença do diretor Aly Muritiba, que é baiano radicado em Curitiba, do produtor Antonio Gonçalves Junior e de representantes do Mandato Goura e de presidente da Comissão de Cultura, Ademir Bier, a Luciana Pereira elogiou o filme e confirmou que o governo vai apoiar a divulgação internacional do filme.

 

“Vamos apoiar sim a campanha para que o filem Deserto Particular seja escolhido para participar do Oscar 2022 na categoria Filme Internacional. Esse apoio demonstra que estamos comprometidos com a produção cultural do Paraná. Entendemos a importância dessa participação e, principalmente, reconhecemos o brilhantismo da obra”, disse Luciana Pereira.

 

Agradecimento ao apoio

 

O diretor Aly Muritiba agradeceu o apoio e disse que essa parceria com a Superintendência de Cultura fará toda a diferença na divulgação do filme no exterior e explicou que a indicação pela Academia Brasileira de Cinema e Artes Audiovisuais (ABCAA) foi só o primeiro passo para que o filme concorra ao Oscar 2022.

 

“Agora precisamos estar no maior número de cinemas mundo a fora e principalmente nos Estados Unidos. Temos que conquistar os membros da Academia de Cinema norte-americana para sermos indicados a disputar o Oscar. Por isso, temos que ter dinheiro para fazer toda uma estratégia de campanha lá fora”, explicou Aly Muritiba.

 

 

Segundo o produtor, Antonio Gonçalves Junior, o apoio do Governo do Paraná será fundamental para que sejam arrecadados os valores necessários para a divulgação internacional do filme Deserto Particular. “Não é pouco dinheiro. A nossa solução é fazer uma captação por meio das leis de incentivo, que é a forma mais rápida e eficiente neste momento”, descreveu.

 

Destacar o Paraná no exterior

 

Luciana Pereira disse que a superintendência vai fazer tudo para que o processo seja o mais célere possível. “O governador Ratinho Jr. deu o aval e vamos fazer com que as empresas estatais paranaenses contribuam com o patrocínio neste processo de apoio ao filme”, contou ela. O diretor Aly Muritiba disse que isso é muito importante. “Queremos que o Paraná, que as empresas do Paraná apareçam como apoiadoras do filme”, disse ele.

 

O filme Deserto Particular foi selecionado pelo Comitê de Seleção da Academia Brasileira de Cinema e Artes Audiovisuais(ABCAA), que é a única entidade responsável pela seleção junto à Academy of Motion Picture, Arts and Sciences (AMPAS) que promove o Oscar, no dia 15 de outubro entre 15 filmes. A partir disso o filme só disputará o Oscar se for selecionado pelos membros da AMPAS.

 

A primeira lista de pré-selecionados sai no dia 21 de dezembro de 2021 e a lista final, com os cinco indicados para disputar a categoria Filme Internacional, será divulgada no dia 8 de fevereiro de 2022. A premiação do Oscar 2022 acontece em 22 de março de 2022.

 

Assista ao trailer do filme Deserto Particular abaixo:

 

 

Ficha Técnica

 

Elenco: Antonio Saboia, Pedro Fasanaro, Thomas Aquino, Cynthia Senek e Laila Garin. Roteiro: Aly Muritiba e Henrique Dos Santos.

Direção: Aly Muritiba.

Direção de fotografia: Luis Armando Arteaga.

Direção de arte: Fabíola Bonofiglio e Marcos Pedroso.

Figurino: Isbella Brasileiro.

Caracterização: Britney Federline.

Montagem: Patrícia Saramago.

Som direto: Marcos Manna.

Direção de produção: Thamires Vieira, Max Leean.

Produção executiva: Chris Spode e Raiane Rodrigues.

Desenho de som: Daniel Turini, Fernando Henna e Henrique Chiurciu.

Produção: Antonio Gonçalves Junior e Luís Galvão Teles.

Empresas produtoras: Grafo, Muritiba e Fado Filmes.