Mandato Goura

Prefeitura de curitiba não comparece à audiência sobre a linha verde e deputados cogitam cpi

A ausência da Prefeitura de Curitiba na audiência pública que discutiu os atrasos nas obras da Linha Verde e os impactos gerados na vida da população foi duramente criticada pelos participantes.

Os deputados estaduais cogitaram, inclusive, a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as obras, que já duram mais de 14 anos e os custos estão orçados em quase meio bilhão.

Proposta pelos deputados estaduais Goura (PDT) e Galo (Podemos), a audiência pública foi realizada pela Assembleia Legislativa na manhã desta terça-feira (27), de modo remoto, e contou com a participação de representantes de várias instituições, de moradores e de comerciantes da região.

A prefeitura alegou que não foi convidada oficialmente para a audiência, porém, o Mandato Goura encaminhou convite via e-mail ao prefeito Rafael Greca no dia 19 de abril e para o secretário de Governo, Luiz Fernando Jamur, no dia 20 de abril.

Secretário foi convidado

No dia 23 de abril, o secretário Jamur respondeu, também por e-mail, que não poderia participar devido a compromissos pré-agendados, mas que o secretário de Obras Públicas, Rodrigo Araújo Rodrigues, iria representar a prefeitura no evento. Apesar disso, nenhum representante se fez presente.

“A prefeitura não tem carta branca para fazer o que bem quer da cidade, sem respeito aos moradores e às instituições. Precisamos saber qual é o cronograma das obras e quais estão em andamento”, disse o deputado Goura.

“Destacamos aqui a importância da segurança e da sinalização. E vamos sair sem a qualquer manifestação da prefeitura. Quero registrar meu agravo e minha indignação profunda pela ausência da prefeitura”, afirmou ele.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Get Curated Post Updates!

Sign up for my newsletter to see new photos, tips, and blog posts.

Subscribe to My Newsletter

Subscribe to my weekly newsletter. I don’t send any spam email ever!

Pular para o conteúdo