Mandato Goura

Alep discute a distribuição dos recursos da Lei Aldir Blanc no Paraná nesta quinta-feira (22)

Na próxima quinta-feira (22), às 15 horas, a Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), por proposição dos deputados Goura (PDT), Tadeu Veneri (PT), Ademir Bier (PSD), Professor Lemos (PT), Michele Caputo (PSDB) e Boca Aberta Junior (PROS), realiza audiência pública sobre a “Distribuição de Recursos da Lei Aldir Blanc no PR”. O evento será realizado de modo remoto e transmitido pelas redes sociais da Alep e do Mandato Goura.

 

Até o dia 16 de março de 2021, o Governo do Paraná tinha executado apenas 15,09% do total de R$ 84,9 milhões recebidos pela Lei Aldir Blanc, criada para atender os trabalhadores e trabalhadoras da Economia Criativa, um dos setores mais afetados pela crise econômica causada pela pandemia do coronavírus.

 

A baixa distribuição dos recursos está mobilizando representantes do setor cultural para cobrar do governador Ratinho Jr. e do Congresso Nacional medidas que possam desburocratizar o repasse e prorrogar o prazo para a utilização dos recursos.

 

Nesse contexto, atendendo a uma solicitação do setor, o deputado Goura propôs a realização da audiência pública, que terá como objetivo buscar esclarecimentos sobre a aplicação dos recursos da Lei Aldir Blanc no Paraná e propor soluções para facilitar o acesso.

 

“Sabemos que o setor cultural e de eventos foi o primeiro a parar e será o último a retomar as atividades. A Lei Aldir Blanc foi uma grande conquista, mas precisamos fazer com que ela cumpra com sua função. De nada vai adiantar se esses recursos não chegarem ao bolso dos trabalhadores e trabalhadoras”, afirmou o deputado Goura.

 

Repasses dos recursos da Lei Aldir Blanc no Paraná

 

O Paraná é o terceiro estado que menos liberou recursos, ficando à frente apenas de Mato Grosso do Sul, que executou 14,9%, e Goiás, que executou 9,83% dos recursos recebidos. Todos os dados estão disponíveis no portal do Sistema Nacional de Cultura.

 

O Paraná recebeu um total de R$ 84.962.972,00 e R$ 72.140.061,00 continuam na conta do Governo do Estado. Dos 399 municípios paranaenses, 249 receberam recursos, 16 estão em fase de cadastro e seis em análise. Dos 249 municípios que receberam, 48 não conseguiram executar nenhum valor e quatro executaram menos de 10% do que receberam.

 

Diferente dos pequenos municípios do interior, Curitiba conseguiu executar 77,2% do valor. Ou seja, dos R$ 11,9 milhões, restam executar pouco mais de R$ 2,7 milhões.

 

 

Participantes

 

O senador Wellington Fagundes (PL/MT), autor do Projeto de Lei 795/2021, que prorroga os prazos para que os governos estaduais e municipais utilizem os recursos de ajuda ao setor cultural durante a pandemia não gastos totalmente em 2020, já confirmou presença na Audiência Pública. O PL já foi aprovado no Senado e está tramitando na Câmara Federal.

 

Também já confirmou presença o deputado federal Túlio Gadelha (PDT/PE), coautor da Lei Aldir Blanc.

 

A Frente Movimento, uma das solicitantes da Audiência Púbica, será representada pela sua fundadora, advogada, pesquisadora do centro de constituição da UFPR, PhD Filosofia Política, Rita de Cássia Lins e Silva.

 

Terão ainda espaço de fala: representante das comunidades tradicionais, representante das comunidades indígenas, representante dos técnicos/cas, representante do Sindicato dos Artistas e Técnicos do Paraná, representantes da Frente Ampla SOS Cultural Paraná, secretário da Fazenda, diretora de Orçamento do Estado, representantes da Procuradoria Geral do Estado e a Superintendente de Cultura, Luciana Casagrande.

 

Clique na imagem abaixo para conhecer o PL 795/2021 e acompanhar sua tramitação na Câmara dos Deputados.

 

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Get Curated Post Updates!

Sign up for my newsletter to see new photos, tips, and blog posts.

Subscribe to My Newsletter

Subscribe to my weekly newsletter. I don’t send any spam email ever!

Pular para o conteúdo