Goura apoia o movimento pela revogação do Novo Ensino Médio

 

“Estamos em permanente luta em defesa da educação. A revogação da lei que instituiu o Novo Ensino Médio (NEM) é urgente e fundamental para se reverter um dos maiores retrocessos promovido contra a educação brasileira. O atual modelo de ensino médio é um fracasso que deseduca e só pretende adaptar os jovens aos ideais do neoliberalismo”, criticou o deputado estadual Goura (PDT).

 

O comentário foi feito quando Goura foi convidado, nesta terça-feira (7), a integrar o Comitê Paraná pela Revogação do Novo Ensino Médio e a apoiar a campanha em favor do abaixo-assinado nacional pela revogação da “reforma” do ensino médio, que é resultado da alteração da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) por meio da lei 13.415, de 16 de fevereiro de 2017 e implantada a partir de 2022.

 

 

As professoras Andrea Caldas e Edimara de Oliveira e o professor Vagner Sípoli, integrantes do comitê, apresentaram vários argumentos em favor da revogação do NEM e sobre as entidades que fazem parte do movimento.

 

“ A revogação é urgente porque esse modelo educacional imposto pela reforma do ensino médio de 2017 trouxe inúmeras consequências negativas a todos, sociedade, professores e estudantes”, comentou Andrea Caldas.

 

Carta Aberta

 

A Carta Aberta pela Revogação da Reforma do Ensino Médio, assinada por mais de 300 entidades do campo educacional, pede a revogação do NEM e apresenta 10 razões para revogar a Reforma do Ensino Médio. “O Novo Ensino Médio é um projeto de educação avesso à democracia, à equidade e ao combate das desigualdades educacionais”, afirma a carta, que é capitaneada pela Rede Escola Pública e Universidade (Repu).

 

Confira o documento:

 

 

Mobilização dos deputados

 

“Vamos trabalhar para mobilizar os deputados do Paraná em favor da luta pela Revogação do Novo Ensino Médio”, garantiu Goura. Segundo ele, o Governo do Paraná precisa rever a implantação das medidas da Lei 13.415 que alterou a LDB. “Sabemos que o nosso ensino médio também sofre as severas consequências dessa reforma.”

 

15 de março, dia de protesto contra o NEN

 

As diversas entidades que integram o movimento pela Revogação do Novo Ensino Médio estão convocando uma manifestação nacional para o dia 15 de março para protestar contra o Novo Ensino Médio.

 

Veja a convocação da UBES:

 

Assine o abaixo-assinado pela revogação do NEM: