Publicado há 3 semanas

O deputado estadual Goura (PDT) participou, nesta segunda-feira (27), da posse da Coordenadoria de Arte Surda do Sindicato de Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Paraná ( Sated-PR). Formada por artistas surdos e surdas e intérpretes de libras. A coordenação será da atriz e ativista Gabriela Grigolom Silva, com a participação de Chiris Gomes, Carlos Eduardo e Jonatas Medeiros, Rafaela Hoebel, Rhaul de Santos Lemos, Paula Roque e Felipe Patrício.

 

“Este é um momento importante e simbólico para a comunidade surda do Paraná. Parabenizo o Sated-PR pela iniciativa de criar essa Coordenadoria de Arte Surda. Os artistas surdos e as artistas surdas têm agora um espaço de atuação importante e que vai promover a luta pelo direito da comunidade surda de ter acesso à cultura e que sejam colocadas em prática políticas públicas que garantam esse direito”, declarou Goura, que é membro da Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep).

 

O deputado lembrou quando foi introduzido ao universo da língua Libras (Língua Brasileira de Sinais). “Eu fiquei muito emocionado quando, anos atrás, a Sueli (Fernandes) fez os sinais que representam o meu nome. Desde então, temos como das mais importantes pautas a questão da acessibilidade das pessoas com deficiência”, recordou Goura.

 

Ele também falou do projeto de lei que ele apresentou enquanto vereador na Câmara Municipal de Curitiba que reconhece a Língua Brasileira de Sinais (Libras) como língua de instrução e meio de comunicação objetiva e de uso corrente da comunidade surda” no município de Curitiba. “Projeto que foi aprovado e sancionado como a Lei Nº 15.823 de 6 de abril de 2021. Um importante marco para a comunidade surda de Curitiba.”

 

O presidente do Sated-PR, Adriano Esturilho, agradeceu a presença do deputado Goura no evento e destacou a importância da coordenadoria. “A partir de agora, trabalhadoras e trabalhadores da arte surda nas artes cênicas e audiovisual passam a ocupar esse importante espaço político de representação, construído por eles mesmos no dia a dia do Sated-PR”, disse Esturilho.