Goura protocola ofício indicando verba de R$ 1,2 milhão em infraestrutura cicloviária para Curitiba

O deputado Goura protocolou, nesta quarta-feira (28), um ofício junto à Prefeitura de Curitiba, endereçado ao prefeito Rafael Greca, indicando a destinação de R$ 1,2 milhão para o aprimoramento da infraestrutura cicloviária da cidade.

“Esta verba está prevista no programa de investimentos Paraná Mais Cidades, anunciado pelo Governo do Estado recentemente, e pode ser um aporte 20% superior à dotação orçamentária prevista na LOA/2019 para investimento em infraestrutura cicloviária em Curitiba”, explicou. O protocolo também foi entregue ao secretário de governo Luiz Fernando Jamur.

“Contamos com a sensibilidade do prefeito Rafael Greca para que aceite este recurso. Lembrando que na Lei Orçamentária de 2019 de Curitiba estão previstos em apenas R$ 1.085 milhão”, completou Goura.

Ele explicou que proposta do programa Paraná Mais Cidades inclui a possibilidade de os parlamentares estaduais apontarem a aplicação de parte das verbas, mas que esta aplicação passa, naturalmente, pela concordância do poder executivo municipal. “É preciso que o prefeito responda até o início de setembro e se comprometa a aplicar integralmente o recurso supracitado para melhoria ou construção de estrutura cicloviária na cidade”.

Goura justificou a indicação dizendo que obras cicloviárias em Curitiba são urgentes e necessárias. “No último dia 26, lamentavelmente, registrou-se mais um caso de morte de ciclista por colisão com um ônibus. Já são mais de dez mortes só este ano. Entendemos, que muitas destas vidas poderiam ser poupadas com ações educativas e se dispuséssemos de uma infraestrutura adequada, sobretudo no caso dos ciclistas”, justificou.

O deputado disse que, desde 2017, tem salientado, de forma oficial, as deficiências do sistema curitibano. “Já nos manifestamos sobre a falta de iluminação e sinalização nas ciclovias e entornos, da extensão insuficiente de ciclovias e ciclofaixas, sobre a redução das dotações orçamentárias para a área em mais de 70% entre 2016 e 2019. Então, esta verba pode ajudar muito para minimizar estes problemas.

Goura disse reconhecer a existência de obras e iniciativas dignas de elogio por parte da prefeitura, como a ciclovia no binário Nova Aurora/Ourizonas e a decisão pela instalação da Via Calma na República Argentina.

“Mas ainda estamos distantes do ideal e dos locais que são referência em qualidade de vida no mundo, que notadamente possuem uma malha cicloviária robusta, permitindo que a bicicleta tenha protagonismo e que seja utilizada com segurança pelo conjunto da população.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here