Publicado há 7 meses

Encontrar meios pra promover a cultura da bicicleta levando em conta a implantação de infraestrutura cicloviária; a articulação para promover a bicicleta como esporte e lazer; incentivar o cicloturismo e a economia da bicicleta e atuar junto ao Detran-PR no Conselho Paranaense de Ciclomobilidade (Conciclo) e para que a bicicleta seja objeto de prova prática na formação dos condutores.

Estes foram os temas da reunião entre o presidente da Federação Paranaense de Ciclismo (FPC), Alexandre Lagana; o atleta de ciclismo e cicloativista Anderson Deoli; o vereador de Curitiba, Professor Euler (PSD), e o deputado estadual Goura (PDT), que aconteceu, nesta terça-feira (9), de forma virtual. Também acompanharam a reunião assessores do mandato Goura.

Cultura da bicicleta

“É preciso criar uma cultura da bicicleta para que a sociedade e o poder público sejam promotores deste meio de transporte que ganhou ainda mais relevância durante a pandemia da Covid-19”, disse Goura. “Nosso objetivo, com esta reunião, é somar forças e mobilizar as entidades e pessoas em prol da bicicleta”, explicou ele.

O presidente da FPC disse que a iniciativa da reunião é fundamental para que a bicicleta tenha a atenção necessária do poder público e da sociedade. “Estamos no início da nossa gestão e aos poucos estamos tomando conhecimento da situação do ciclismo esportivo no Paraná”, informou Lagana. “Não há dúvida alguma que precisamos de investimentos em infraestrutura cicloviária, não só para as várias modalidades de esportes ciclísticos, como também para quem usa a bicicleta como meio de transporte e lazer.”

Como articulador da reunião, Deoli agradeceu a presença de todos e apresentou uma breve análise da conjuntura do ciclismo esportivo no Paraná. “Temos que superar a falta de articulação entre os praticantes do ciclismo esportivo, além de promover a interação com outros segmentos ligados à bicicleta, como os cicloativistas e os grupos amadores de pedalada”, afirmou.

Deoli destacou que é preciso mobilizar as pessoas para assinarem o abaixo-assinado promovido pelo Mandato Goura. “Esse abaixo-assinado pode ser uma forma de engajar as pessoas no tema da bicicleta e chamar a atenção para a necessidade de se ter infraestrutura para a segurança dos ciclistas e para que mais pessoas passem a usar a bicicleta no esporte, no lazer e como meio de transporte”, disse.

O abaixo-assinado dirigido ao Governo do Paraná pede que os novos contratos para exploração do pedágio incluam, entre as obrigações das concessionárias, a implementação de estrutura cicloviária e equipamentos de apoio aos ciclistas, sobretudo nos trechos urbanizados.

O mesmo abaixo-assinado pede também a implementação de sinalização e infraestrutura cicloviária em todas as obras realizadas ou financiadas com recursos do Governo do Paraná e campanhas de educação e sensibilização para estimular a prática e proteger a vida dos ciclistas no Paraná.

Confira abaixo o post sobre o abaixo-assinado que leva ao link para assiná-lo:

https://www.facebook.com/mandatogoura/photos/a.775836712461746/3995307797181272/

Câmara Municipal

O vereador Professor Euler disse que coloca o seu mandato à disposição para ajudar no que for necessário para que as questões envolvendo a bicicleta sejam atendidas, não só em nível municipal como estadual.

“A partir do pedido para que participássemos dessa mobilização já fizemos um pedido de informações junto à Prefeitura de Curitiba sobre o plano cicloviário e como se encontra a infraestrutura cicloviária na cidade. Também podemos intervir a favor junto ao Detran-PR e a Paraná Turismo”, disse Euler.

O deputado Goura concluiu a reunião dizendo que esta foi um primeiro passo para ampliar o movimento em favor da bicicleta e seus múltiplos usos. “Vamos continuar as articulações para ampliar ao máximo a participação de todos os segmentos relacionados à bicicleta. São os primeiros passos para criarmos definitivamente uma cultura da bicicleta e consolidarmos políticas públicas em favor dos ciclistas”, disse.