Mandato Goura

“Projeto de lei que cria Conselho dos Povos Indígenas deve ser enviado pelo governador à Assembleia o quanto antes”, diz Goura

O envio do projeto de lei que propõe a criação do Conselho Estadual dos Povos Indígenas (CEPI-PR), que garantiria a participação dos povos indígenas na formulação de políticas públicas do Estado, foi um dos temas debatidos na reunião realizada, nesta terça-feira (25), entre representantes da Terra Indígena Apucaraninha e da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf) e que contou com a presença do deputado estadual Goura (PDT).

 

“Muitas das questões tratadas aqui poderiam ter suas soluções antecipadas se o Conselho Estadual dos Povos Indígenas tivesse o projeto de lei da sua criação enviado, debatido e aprovado na Assembleia Legislativa”, disse Goura. “

 

O deputado lembrou que o governador Ratinho Jr assinou, em cerimônia no Palácio Iguaçu, no dia 17 de abril de 2019, o projeto de lei que criava o Conselho Estadual dos Povos Indígenas na presença de diversas lideranças indígenas e políticas.

 

Confira, clicando na foto abaixo, a matéria da AEN do anúncio feito pelo governador do projeto de lei do Conselho dos Povos Indígenas:

“Já se passou bastante tempo e o projeto de lei não foi enviado para a Assembleia. A criação do conselho próprio, com a separação da representação dos indígenas do Conselho Estadual de Povos Indígenas e Comunidades Tradicionais (CPICT), é uma reivindicação histórica dos povos do Paraná”, explicou Goura.

 

Ele disse que a causa indígena é muito específica por conta de questões como a cultural e a diversidade dos povos indígenas. “Um Conselho Estadual dos Povos Indígenas é o espaço ideal para que eles tragam as suas demandas e tenham um canal qualificado com o Estado do Paraná”, afirmou.

 

“Por isso, apelamos ao governador para que ele envie o quanto antes esse projeto para que possamos aprovar e criar o Conselho Estadual dos Povos Indígenas o quanto antes. Nunca foi tão necessário ter um órgão consultivo como este e neste momento de pandemia”, declarou.

 

Novos prazos ao Edital 001/2021

 

A diretora do Departamento de Políticas para Criança e Adolescente (DPCA) da Sejuf, Ângela Lunedo de Mendonça, aproveitou a conversa com as lideranças indígenas para dizer que eles poderiam se qualificar para receber verbas para atuar na defesa dos direitos das crianças e adolescentes, que foi um dos temas da reunião, por meio do Edital 001/2021.

 

Segundo ela, o prazo para o envio de propostas ao Edital 001/2021 vai até 5 de julho. O edital tem por finalidade a seleção de organizações da sociedade civil interessadas em celebrar termo de fomento para o fortalecimento da rede socioassistencial. Para acessar o Edital 001/2021, clique aqui.

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Get Curated Post Updates!

Sign up for my newsletter to see new photos, tips, and blog posts.

Subscribe to My Newsletter

Subscribe to my weekly newsletter. I don’t send any spam email ever!

Pular para o conteúdo